Seja por tirar várias peças para só escolher uma (e depois enfiar o resto tudo de volta), seja porque as roupas que você mandou lavar chegaram cheirosas e passadas e você guardou sem prestar muita atenção, armários bagunçam.

Mas você não precisa ser refém disso. Aprenda como organizar guarda-roupa com A Lavadeira e nunca mais passe por isso. Acompanhe!

Aproveite cada centímetro dele

Em São Paulo, é muito comum casas e apartamentos com armários embutidos. Em outras, um pouco mais raro, existem closets.

Esses espaços são uma mão na roda para o morador, mas nem sempre eles tem prateleiras e gavetas suficientes para você organizar bem suas roupas.

Nesses casos, o caminho pode ser customizar o seu guarda-roupa: coloque separadores para suas pilhas de suéteres, gaveteiros de plástico para organizar suas camisetas e as camisas dobradas, painéis perfurados com ganchos para suas gravatas e cintos, etc.

Existem várias maneiras de você “hackear” seu guarda-roupa. Quer inspiração? Veja esse board no Pinterest com mais de 1000 dicas e mãos a obra!

Organize as roupas por tipo e ocasião

Por mais que pareça um senso comum, não é todo mundo que organiza seu guarda-roupa dessa maneira.

A ideia é separar o seu guarda-roupa por tipo de roupa e em qual ocasião você vai usar. Por exemplo, se você trabalha de social, coloque seus ternos e as camisas mais sóbrias mais próximos.

Do outro lado, coloque a camisa do seu time do coração e aqueles shorts de jogar bola e no meio do guarda-roupa as camisetas e calças mais casuais.

Uma maneira de refinar ainda mais essa arrumação é organizar por cores. Assim, fica muito mais fácil escolher uma roupa na hora de sair de casa.

Ah, e não esqueça de fazer o mesmo com os tênis e os sapatos!

Você precisa mesmo de tantas roupas e sapatos?

Talvez um dos motivos pelo qual seu guarda-roupa seja bagunçado seja o excesso de peças. Você já parou para pensar se precisa realmente de tantas roupas?

Enquanto você estiver arrumando seu guarda-roupa, reveja cada peça e pense: “eu usei essa roupa nos últimos meses? Ela ainda combina com as outras roupas? Ela ainda está do meu tamanho?”

Se você respondeu não para alguma dessas perguntas, talvez seja a hora de doá-la. Além de liberar espaço no seu guarda-roupa, você estará ajudando quem precisa.

Todo mundo ganha!