Enquanto doar roupas é uma boa prática tanto para seu guarda-roupa quanto para a sociedade, você pode organizar também por estações. Afinal, você não vai usar aquele casaco grosso no verão e nem essas regatas no inverno, não é mesmo?

Então, se você quer mais espaço e organização para suas roupas lavadas e passadas pela A Lavadeira (não tem ainda? Assine!), veja as dicas a seguir e aprenda a guardar roupas de outras estações.

Escolha bem as roupas para guardar

Algumas decisões são bem simples, outras um pouco mais difíceis. Por exemplo, no verão, é muito fácil decidir guardar cachecóis e meias mais grossas, já que você vai passar calor se usá-los.

Mas cabe um pouco mais de pensamento em outras roupas. Você já pensou, por exemplo, quais calças ou bermudas vai querer usar nessa estação e quais camisas e camisetas combinam com elas?

Escolha um bom número de roupas que combinam com a estação e guarde o restante. Você ficará com um guarda-roupa muito mais espaçoso!

Onde guardar essas roupas

Muitas casas têm depósitos ou outros cômodos que podem ser usados como tal, como o quartinho atrás do apartamento ou a edícula, se estiver desocupada.

Enquanto é uma excelente ideia usar como um espaço para guardar suas roupas, é importante checar se não há infiltrações ou infestações de bichos. Caso contrário, suas roupas podem estragar até você usá-las de novo.

Para casas que não tem cômodos nesse estilo, fica um pouco mais difícil encontrar lugares. Nesse caso, a criatividade ajuda bastante: baús, malas com estruturas reforçadas, caixas para aproveitar espaços inutilizados pela casa… Conte com o Pinterest para inspirações.

Se o seu guarda-roupa tem prateleiras altas, você pode usar esse espaço. Outro lugar são gavetas ou baús que algumas camas oferecem debaixo do colchão.

Como você guarda também importa

É importante também tomar alguns cuidados na hora de guardar as roupas. Por exemplo, você pode pensar que usar sacos plásticos para as roupas é uma boa ideia, ou armazená-la em caixas de papelão.

Esses são dois erros comuns. O plástico cria umidade nas roupas, que pode ajudar na proliferação de fungos e mofo, principalmente em peças de origem animal com o couro ou a seda. Já as caixas de papelão são um prato cheio para insetos e fungos, que se alimentam do material e, de quebra, das roupas também.

Prefira materiais com alguma respiração e que não estimulem os bichinhos, como caixas de madeira ou caixas de plástico furadas.

Além disso, se você vai deixar suas roupas guardadas por muito tempo, o ideal é que você as ponha para respirar pelo menos uma vez. Assim, você garante mais seis meses de roupas boas sem infestações!